Filtrar
Filtrar

Capítulos


Casos Clínicos

Idade (intervalo)

Tipos de intervenções


Limpar
DOENÇAS INFLAMATÓRIAS CORIORRETINIANAS - Causas não-infecciosas
Uveítes

A uveíte é uma inflamação intraocular e pode ser classificada anatomicamente nas formas anterior, intermédia, posterior e panuveite.

Os sintomas incluem dor, olho vermelho, visão turva, floaters e fotofobia.

A uveíte está associada com várias doenças: espondilite anquilosante, artrite idiopática juvenil, esclerose múltipla, sarcoidose, lupus eritematoso sistémico, síndroma de Vogt-Koyanagi-Harada, HLA-B27, arterite e outras doenças autoimunes. Muitas vezes aparece como resposta a infeções intraoculares.

A apresentação, em alguns casos, é característica de algumas síndromas, tais como, a coroidite serpiginosa, coroidite multifocal, coroidopatia...

A uveíte é uma inflamação intraocular e pode ser classificada anatomicamente nas formas anterior, intermédia, posterior e panuveite.

Os sintomas incluem dor, olho vermelho, visão turva, floaters e fotofobia.

A uveíte está associada com várias doenças: espondilite anquilosante, artrite idiopática juvenil, esclerose múltipla, sarcoidose, lupus eritematoso sistémico, síndroma de Vogt-Koyanagi-Harada, HLA-B27, arterite e outras doenças autoimunes. Muitas vezes aparece como resposta a infeções intraoculares.

A apresentação, em alguns casos, é característica de algumas síndromas, tais como, a coroidite serpiginosa, coroidite multifocal, coroidopatia interna punctata, retinocoroidopatia de birdshot, epiteliopatia pigmentar placóide multifocal posterior aguda e síndroma das manchas brancas múltiplas evanescentes. Várias síndromas que clinicamente simulam uma uveíte posterior ou anterior incluem o descolamento da retina, corpos estranhos intraoculares, leucemias, melanoma e linfomas.

O diagnóstico e o tratamento precoces da uveíte são importantes para prevenir uma perda de visão. A uveíte é tipicamente tratada com corticosteroides e/ou imunomoduladores.

[Ler mais] [Ler menos]
Casos Clínicos