Atlas

O Atlas RL-eye apresenta casos clínicos de Oftalmologia. A qualidade das imagens e dos vídeos, bem como a exaustiva documentação de cada caso clínico, são um poderoso meio para compreender as patologias da retina.

Filtrar
Filtrar

Capítulos


Casos Clínicos

Idade (intervalo)

Tipos de intervenções


Limpar
DOENÇAS VASCULARES DA RETINA
Glaucoma Neovascular

O glaucoma neovascular (GNV) é um glaucoma secundário que pode causar perda completa de visão. O diagnóstico precoce é essencial, assim como o tratamento da pressão intraocular elevada e da causa subjacente. É muitas vezes causada por uma retinopatia diabética, oclusão da veia central da retina, doença oclusiva da carótida ou uveíte anterior.

Numerosas doenças que originam isquemia retiniana e a subsequente libertação do fator de crescimento do endotélio vascular, que difunde no segmento anterior, causam o crescimento de novos vasos sanguíneos, inicialmente na margem da pupila e mais tarde ao longo da íris através do ângulo camerular. Esta situação leva à formação de membranas fibrovasculares que obstruem a malha trabecular, provocando um glaucoma secundário.

A fase inicial do glaucoma neovascular é caracterizada por pressão intraocular (PIO) elevada, proliferação de tecido fibrovascular sobre o ângulo, e neovascularização da íris seguida de neovascularização do ângulo. A fase avançada mostra uma PIO elevada ( ≥ 60 mmHg), acuidade visual reduzida, neovascularização da retina e/ou hemorragia.

O tratamento para o GNV é feito através de fotocoagulação panretiniana, mas pode ser necessária a cirurgia para baixar a pressão intraocular.

Casos Clínicos