Atlas

O Atlas RL-eye apresenta casos clínicos de Oftalmologia. A qualidade das imagens e dos vídeos, bem como a exaustiva documentação de cada caso clínico, são um poderoso meio para compreender as patologias da retina.

Filtrar
Filtrar

Capítulos


Casos Clínicos

Idade (intervalo)

Tipos de intervenções


Limpar
CASOS CLÍNICOS DIFERENTES
Autotransplante de Córnea

O transplante de córnea (ou queratoplastia) é o procedimento cirúrgico no qual a córnea é substituída por tecido corneano de um doador.

Se a córnea perder a transparência ou se tornar irregular a visão fica comprometida. Algumas das doenças oculares que podem lesar a córnea incluem queratocone, cicatrizes corneanas resultantes de traumatismo ou infeção e distrofias corneanas (distrofia de Fuchs, distrofia lattice e outras).

Existem vários tipos de transplantes de córnea dependendo da zona da córnea lesada:

  • Queratoplastia penetrante – envolve o transplante de todas as camadas da córnea do dador
  • Querastoplastia lamelar – são transplantadas camadas da retina selecionadas: endotélio (DSAEK - Descemet's Stripping Automated Endothelial Keratoplasty); reposição e remodelação da córnea externa e média (DALK - Deep Anterior Lamellar Keratoplasty).

Tal como acontece com todos os tipos de cirurgia, há risco de complicações após o transplante de córnea, tais como a rejeição da córnea, infeção e outros problemas de visão.

O autotransplante de córnea consiste no transplante de uma córnea do próprio doente, de um olho para o outro e é indicada nos casos em que uma das córneas apresenta uma lesão extensa num olho com potencial de visão e o outro olho tem uma córnea normal mas não tem visão devido a lesões irreversíveis. O risco de rejeição do enxerto é mínimo quando é utilizado um tecido do próprio doente.

Casos Clínicos