Filtrar
Filtrar

Capítulos


Casos Clínicos

Idade (intervalo)

Tipos de intervenções


Limpar
DOENÇAS CONGÉNITAS E PEDIÁTRICAS DA RETINA
Doença de Coats

Coats é uma doença idiopática caracterizada por telangiectasias ou vasos da retina aneurismáticos associados com depósitos lipídicos intra e subretinianos.

É predominantemente uma doença da infância. A incidência sobre o sexo masculino é três vezes maior do que no sexo feminino.

A doença é classificada em 3 grupos: grupo I - tem exsudatos subretinianos maciços, sem anomalias vasculares e com infiltrado mononuclear coroideu. Grupo II – muitas vezes têm exsudatos subretinianos maciços, anomalias vasculares da retina e sem infiltrado mononuclear coroideu; Grupo III – têm exsudatos maciços com malformações arteriovenosas.

Diagnóstico Diferencial da...

Coats é uma doença idiopática caracterizada por telangiectasias ou vasos da retina aneurismáticos associados com depósitos lipídicos intra e subretinianos.

É predominantemente uma doença da infância. A incidência sobre o sexo masculino é três vezes maior do que no sexo feminino.

A doença é classificada em 3 grupos: grupo I - tem exsudatos subretinianos maciços, sem anomalias vasculares e com infiltrado mononuclear coroideu. Grupo II – muitas vezes têm exsudatos subretinianos maciços, anomalias vasculares da retina e sem infiltrado mononuclear coroideu; Grupo III – têm exsudatos maciços com malformações arteriovenosas.

Diagnóstico Diferencial da Doença na Infância (leucocoria ou descolamento exsudativo da retina):

  • Angioma capilar periférico adquirido
  • Vitreorretinopatia exsudativa familiar
  • Incontinência pigmentar
  • Doença de Norrie
  • Pars planitis
  • Persistência da vascularização fetal
  • Retinopatia pigmentar com resposta do tipo Coats
  • Retinoblastoma
  • Retinopatia da prematuridade
  • Toxocariasis
  • Doença de Von Hippel-Lindau (angiomatose da retina).
[Ler mais] [Ler menos]
Casos Clínicos